terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Hein, Coração, vê se para de tanto sentimentir
                                                                 [repetir
dá uma corda pra razão
chega de bater cabeça
fica de novo comigo, vai?
não há muito pra onde ir
e já andamos muito longe de mim.
//
do Cacaso:
ENCONTRO DESMARCADO
admiro muito meu amor
porque sempre está por perto de si mesma e
longe de mim e eu tenho
andado muito longe de mim e perto de si mesma.

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Triste baía 
do Santa Maria
e olha que fazia céu de aquarela.
Santa Idolatrada, salve-se 
                      salve 
                salve nada 
ou 
a canção mais singela.

https://www.youtube.com/watch?v=kMq7D4qQP48

sábado, 29 de novembro de 2014

Passei parte da infância
   refazendo minha face
no espelho
                       riscando
água
no
                        tempo.

domingo, 6 de janeiro de 2013

Fanatismo


Algum dia encontrarei uma palavra
A palavra que signifique flor
onde só há deserto.

algum dia irei ao seu limbo
segurarei a palavra entre os dentes
trarei exposto para essa nossa morada

             [o seu nome]

colocarei num copo d'água
para que outros possam contemplá-lo e copiá-lo
e para que sua queda adube o vocabulário geral, digerido.



os deuses colocarão-me de joelhos
os braços fincados na terra.



agora, enquanto escrevo, disperso calmo
onde sempre permaneci quase pronto
o corpo já verde de terra
onde o meu próprio nome já não importa.

domingo, 23 de setembro de 2012

trip



quero fazer amor
ula lá

eu também
ui     ui
         qui qui

a
   qui


                            também



pensei em pintar alguma caveira em vermelha
a caveira toda, todos os ossos brancos

pensei em enterrá-la e depois queimá-la até
  que fique preta preta

           daí pintá-la de todas as cores
para que fique

 branca


e então pintá-la vermelha

e azul
amarela, 
verde, lilás

dançarei com ela nessa noite
            boneca de pano em meus braços

um xaxado glissante do oriente 


u        ui      ui
           qui qui 

a
    qui

   

      eu t  a   m b    é     m

segunda-feira, 9 de abril de 2012

razão corpo




corpo raso
sem fronteira
mísero corpo
emissor imerso

                que puxa a corda do meu sonho  
 quando quero voltar para contar aos demais.